Exclusieve Pennen
Bijzondere Collecties
Atlassen Reprints Amsterdam Specials Religie - Kunst Fotografie Natuur Cultuur Over Rome Kookboeken Specials Kookboeken op land etc. Reisgidsen per land Openingstijden Anno 1778 ? Concertgebouw Literaire Salon Programma Jimmink Kunst bij Jimmink Preek van de Leek
Activiteiten
Schrijvers Monument
Geschiedenis
In Memoriam FOTO'S 1943 St Wolff Anne Frank
Anne Frank’s
Bookshop
Art & Collectors Editions
Bij Jimmink
XL Editions

Rijks

Masters Of The Golden Age


Paintings

Of The Gallery Of Honour

TASCHEN

Uitgeverij SJA'AR

Judaïca

Ester Scroll Megallah Werkman Chassidische Charlotte Salomons

Naast de BOEKENBON accepteren wij ook de VVV-BON en de IRISCHEQUE

STRUIKELSTENEN ONZE FOLDER 4 Mei Open Joodse Huizen 5 mei Huizen van Verzet 5 mei Vrijheidsmaaltijd 6 mei GRATIS FILM VERRADEN VAN ANNE VERRADEN VAN ANNE
Home Nederlandstalige boeken Kinderboeken Engelstalige Boeken Ereading Acties Bij Boekhandel Jimmink Help
Rooseveltlaan 62
1078 NL Amsterdam   
020 - 679 12 44
info@jimmink.eu Boekhandel Jimmink Winkelmandje
ZOEK HIER 
EEN BOEK

informação em portugues


No coração de Amsterdam South, no Rivierenbuurt, Boekhandel Jimmink está localizado na Rooseveltlaan 62. 
Depois da ponte Berlage ou depois da ponte Utrecht, entre a Victorieplein e o "RAI". 
Livraria Jimmink é uma extensa Livraria Geral, com foco em literatura. Mas também temos muitas outras especializações: arte, antiguidades, história, poesia, arquitetura, livros infantis, arquitetura (interior), flora, fauna, fotografia, livros empolgantes, etc., etc., etc. Nosso "ponto de ebulição" com um suprimento infinito de COOKBOOKS é renomado . Veja também "livros de culinária por país". Aqui, novamente, muitas 
ofertas especiais e despesas especiais .

Somos especializados também na chamada despesa XXL 
Estes são livros que são emitidos em uma edição muito limitada de 100 cópias em todo o mundo, numeradas e assinadas, como Art  ou Collectors Editions no campo da arte, arquitetura, esportes, moda.


Além disso, em nossa Loja de antiguidades moderna adjacente, você encontrará muitos livros novos com 50% - 70% de desconto! Por fim, em nosso Salão Literário ao lado do negócio, há escritores regulares e organizamos muitos eventos culturais interessantes.


Anne Frank

Juntamente com seu pai, em 11 de junho de 1942, Anne Frank escolhe um diário de gerber vermelho (na verdade um álbum de bichano) como presente de aniversário em nossa livraria.

A partir desse momento, ela irá, embora intermitentemente, descrever seus pensamentos e experiências. Anne chama seu diário de "Kitty" porque ela sente falta de uma amiga (Jaqueline van Maarsen) a quem ela pode dividir todos os seus segredos.


Em 12 de junho de 1942, ela escreve: " Espero poder lhe confiar tudo, como nunca fiz a ninguém, e espero que você seja de grande ajuda para mim".


A frequência da escrita aumenta quando ela precisa se esconder em 6 de julho, apenas um mês depois. A agitação da casa dos fundos, a turbulenta relação com sua mãe e seus sentimentos emergentes por uma das outras pessoas escondidas, Peter van Pels, formam uma base importante para as cartas do diário. Além disso, Anne lentamente entra na puberdade, então ela também começa a olhar sua sexualidade de maneira diferente. As passagens que tratam disso fizeram com que alguns pais americanos considerassem o livro "pornográfico demais para seus filhos".


Inauguração Monumento Anne Frank - Merwedeplein


HISTÓRIA 
 O pai da Anne Frank a presenteou com um diário no dia 12 de junho de 1942. Ambos foram juntos comprá-lo em uma livraria de bairro na conhecido plaza Merwede. Este local histórico ainda existe e agora se chama Livaria Jimmink. 


Em 2004, Gert-Jan Jimmink, atual proprietário do emblemático lugar, quiz homenagear a memória dos judeus mortos durante o Holocausto com uma escultura de Anne Frank na Plaza Merwede. 
  
Juntamente com outros apoiadores e um grande numero de cidadões, apresentou o projeto a JUnta do Distrito de ZuiderAmstel. O Conselho Municipal recebeu con muito agrado a iniciativa e solicitou à artista Jet Schepp, afincada en Rivierenbuurt, a criação do monumento. 
  
INAUGURAÇÃO
 Job Cohen, inaugurou o monumento no dia 9 de julho de 2005 
  
Em primeiro lugar, Koldenhof Erik Koldenhof e todos os presentes no evento honraram com um minuto de silêncio as vítimas dos atentados terroristas em Londres, ocorridos alguns dias antes.  
  
Logo tomou a palavra Jacqueline Maarsen, sobrevivente e amiga de infância de Anne Frank. A Sra Maarsen levou um fragmento de seu primeiro livro onde relata o primeiro encontro dela com Anne em Liceo Judio. 
  
Na sequencia, dois estudantes, Judío e Musulmán respectivamente, fizeram uma contribuicao simbolica no marco do projeto “A Segunda Guerra Mundial em Perspectiva” lendo cada um o texto do outro. 

  
Para finalizar, um discurso pronunciado por Gert-Jan Jimmink, patrocinador do ato, e Job Cohen, descubriu a escultura.